Desejo de ser aceite, o novo Riquismo e o “amigo” Cigarro

Não referindo sequer os óbvios problemas a nível de saúde oriundos do tabagismo, é de questionar quais são os motivos que levam ou levaram pessoas a fumar. Há uns bons anos atrás — aliás, de tal modo “bons” que nem os consigo definir — era um hábito justificável, perante uma altura em que os já mencionados problemas “patológicos” não eram conhecidos e os jovens eram incentivados por heróis e ícones do cinema e da cultura ocidental.

Aliás, de um certo modo, o cigarro é visto como algo carismático, mas não para todos!

O cigarro é como que um “amigo solitário” para os quais a vida não corre bem, para aqueles que dificilmente esboçam um sorriso na cara e não são influenciados por um “ritual de grupo”.

No entanto, ultimamente tem-se visto fumadores muitos jovens e não só, sem evidentes motivos e que, quando abordados, limitar-se-ão a dizer: “porque aconteceu”.

Não há mal nisso, suponho…

Mas alguns destes casos são exemplos de entidades que, influenciadas por um desejo de ser aceite por um grupo, para “entrar na onda e ser da malta”, acabam por recorrer a algo que eles mesmo poderão considerar desagradável mas os torna mais “importantes e com aparente maior auto-estima”, o que indirectamente acaba por ser a prova real da falta de confiança neles próprios… e entretanto vem o vício, e pode vir a ser tarde demais…

É realmente curioso como poucos são aqueles que me justificam o acto de fumar como um “acto solitário” ou me contam a história d’“o meu amigo cigarro e eu”. E menos ainda talvez aqueles que dizem apenas: “fumar sabe mal” — serei só eu?

Por vezes, acções como estas não passam de desejos em ser aceite por parte dos outros, e isso é a coisa mais normal do mundo! O Poder da Validação é um texto que fala desta mesma “necessidade”.

E entretanto encontrei esta história no site Médicos de Portugal, cuja leitura recomendo: “O Novo Riquismo do Charuto” — basta clicar aqui.

P.S.: Se estavam à espera de algo mais engraçado, lógico e com fins mais humorísticos, já constataram que este não é o artigo mais apropriado, mas como eu sou amigo vou terminar o artigo com duas imagens provenientes do já constantemente mencionado Toxel!

— Pronto! Satisfeitos? —

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s