Jogo-de-Internétes Aleatório — The Great Gatsby

The Great Gatsby é um conto do senhor Fitzgerald — posteriormente adaptado para o cinema —, decorrente após (durante?) a primeira grande guerra e… e se… uh… tivesse um jogo…

–seria patrocinado pelos Cigarros do Lórde! —

Inspirado nos jogos dos anos 80, The Great Gatsby conta com um elenco vago e pobre, onde os momento cinematográficos são tão insignificantes quanto desnecessários… e ainda bem, estamos aqui para jogar, não ver sessões cinematográficas num produto interactivo — em suma: se não conhecem a história original, não irão perceber nada… nem interessa, porque o jogo é para ser jogado— até para um parágrafo sobre entretenimento interactivo virtual, as palavras da família “jogo” foram excessivamente repetidas… peço desculpa!

Sendo um jogo de plataformas simples e peculiarmente acessível, aqui tomamos o controlo de um gentleman munido de um chapéu/bomerangue para eliminar os malvados bêbedos nas ruas, olhos gigantes e outras figuras extraordinariamente retratadas quanto ameaças à humanidade. Os visuais são extremamente carismáticos, apesar de ambíguos — a sério: alguém me explica o que fiz? —. Contudo, no passado dos 8-bit era tudo assim, pelo que esta “ambiguidade” é, claramente, propositada. Os efeitos sonoros seguem o mesmo caminho — até o som da activação da “PAUSA” do jogo se assemelha descaradamente a um jogo Konami!

— e claro, não podiam faltar os diálogos foleiros. Ou isso ou nada! —

Portanto, é tomando o controlo de uma espécie de baliarino — atentem ao modo como ele salta! — que teremos de atravessar cenários da esquerda para a direita… porque era assim que tudo funcionava! Contarão também com uma barra de energia (que uma vez esvaziada por causa de contacto com inimigos e projécteis resulta em morte), tempo limite para conclusão das “missões” e até um objecto que, à semelhança da flor de fogo do Super Mario, nos transforma num bailarino dourado com um super chapéu/bumerangue/whatever!

  • número de vidas: check!
  • pontuação inutil: check!
  • tempo limite: check!
  • numeração do nível a-la Castlevania: check!
  • quadradinhos de vida e de boss: double check!
  • dinheiro não usado: check!

Os comandos? Recorre-se somente ao teclado: setas para movimentação, Espaço para salto e Z para disparar o chapéu/bumerangue/whatever-that-is… enfim, para usar a arma! E ENTER para pausa.

Este clássico é jogável via browser (enfim, o programa usado para a Internet), clicando directamente aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s