Quarta-Feira Bizarra – E a culpa é de quem?

“The arrest of a Texas man who broke into a woman’s house, threw her against a wall and tried to suck her blood over the weekend has sparked discussion over the impact of vampire books — nem os livros escaparam, desta vez? — and movies on U.S. youth culture.”

in Reuters

Oh amigos, programas de vampiros modernos não são apropriados a NINGUÉM, mas não vamos por aí...

E quem diria que o Twilight (e quem menciona um, menciona também todos esses True Blood e Lua Vermelha por este mundo fora) poderia vir a ser nocivo do ponto de vista criminal… mas como assim? Lá os vampiros salvam pessoas e brilham ao sol, não necessariamente sugando o sangue das pessoas (excepto quando entram em “trance”). Apesar de ser verdade que, segundo o artigo, nada foi referido acerca da imagem vampiresca em questão (possivelmente até a clássica), já começa a ser falta de originalidade culpar os produtos em prol dos actos em si — e considerando tratar-se da variante menos “romântica”, não me parece ser essa a impactuosa na sociedade moderna —. Mais problemático é nas crianças, ainda inocentes e inconscientes das suas próprias acções, mas a notícia especifica tratar-se de um “homem”, portanto nem entremos por aí…

Primeiro foi o Rock n’ Roll, depois os filmes, depois os jogos (e sendo esta uma indústria forte nos dias de hoje, mais ainda é criticada por… ahem… “p-s-i-c-ó-l-o-g-o-s”)… o impacto pejorativo de tais produtos na sociedade moderna será sempre alvo de censura… e isso não é mau, deve haver controlo e, em inúmeras situações, a oposição é importante para debater pontos de vista. Mas não encarai isto como argumento para “aliviar” os culpados ou incentivadores dos crimes, colocando as culpas em produtos que, caso deixassem de existir, dariam meramente lugar a outros “bodes expiatórios” (ou lá como se escreve)… até porque depois poderemos chegar a situações como esta:

meh, nem é que Adult Swim dê a entender ser para adultos...

Ainda há uns tempos atrás, um certo-e-determinado alguém-pessoa descreveu como os jogos foram logo considerados chaves no despoletar dos motins em Inglaterra… e fazem bem: o bullying, o tráfico de drogas e a “criação deficiente” só agradecem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s