Sociedade Aleatória — 3 provas de que a sociedade (ainda) pode ser salva

— uma forma demasiado eficaz de chamar a atenção —

Enquanto não estivermos dispostos a tolerar uma mudança de paradigma, dificilmente teremos um mundo melhor. A crise aperta, os conflitos aumentam e as catástrofes naturais aparentam reflectir um estado antigénico da Terra, em resposta aos danos Humanos a que se sujeitou. Numa sociedade consumista onde as televisões já nem vêm com interruptor para pararem de receber electricidade quando não usadas, é inevitável a vinda de um Messias o mais depressa possível, a fim de nos salvar… ou será que não?

Nada posso confirmar sobre a veracidade destas iniciativas mas, pressupondo que são tudo aquilo que apontam ser, são mais do que meras oportunidades de negócio, mas sim de que a mais pequena mudança — como uma lata reciclada — podem mudar muita coisa!


O poder da Palavra

— quando bem utilizado, o dialecto deixa todos em redor, ironicamente, sem palavras… —

É impressionante quando a diferença está à distância da ponta de uma caneta.


O poder do Leite

Num período de decrescente interesse pela música clássica, um grupo toma uma iniciativa sem precedentes: tirar proveito do leite para consciencializar as pessoas da influência do mencionado género musical na qualidade do “alimento materno” proveniente da vaca que o ouve, com uma referência à obra específica a que foi sujeita.

O resultado foi, para além de um design de pacote deveras apelativo, um dos maiores lucros dos últimos tempos num auditório.


O poder do Chá

HonesTea: numa tentativa de não só alastrar uma marca de chá mas também de avaliar um tal “grau de honestidade” das pessoas, decidiu-se montar pequenas montras espalhadas por diferentes cidades Americanas, todas elas com garrafas de chá livres ao custo OPCIONAL de 1 dólar. O que se verificou foi que, apesar do preço não ser, conforme anteriormente mencionado, obrigatório, uma elevada percentagem de pessoas optou, por peso na consciência ou outro motivo qualquer — quiçá suspeita –, tomou a iniciativa de “doar” o dólar do seu chá.


E agora?

Findado este artigo, há-que reflectir um pouco sobre o assunto: haverá esperança para a Humanidade em particular, e para o Homem em geral? Uma coisa é certa: com Messias ou não, é-nos impossível esperar sentados.

— Apoiar não chega. No desporto da vida, somos a equipa E a audiência! —

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s